Image Map

terça-feira, 17 de julho de 2018

Como se vestir bem gastando pouco


      Quem me acompanha no Instagram (@anasendoflavia), sabe que meu lema é "bom, bonito e barato!". Isso porque 90% de todos os itens de moda que adquiro, procuro fazê-lo gastando pouco, seja aproveitando promoções, pesquisando muito, ou usando da boa e velha pechincha.

       Dito isso, vou contar pra vocês os meus locais favoritos para comprar roupas, em lojas físicas (também compro muito em lojas onlines, porque nelas, o quesito "pesquisa" pode ser feito de pijama e deitada no sofá!). 

       Certamente vocês já ouviram falar dos bairros do Brás e do Bom Retiro em São Paulo. Confesso que costumava frequentar apenas o Bom Retiro, em que a maioria das lojas possui um padrão superior de roupas (padrão shopping, pra ser bem clara). Mas como amante das roupas da Hering que sou, quando descobri que no Brás existem lojas de ponta de estoque da marca, quase surtei. 

        As principais ficam na Rua Maria Marcolina, nº 333 e na rua Oriente (me perdoem, mas perdi o cartão e não me lembro o número, mas basta perguntar por lá). Ambas, dependendo do valor, inclusive parcelam as compras no cartão de crédito (uma raridade lá no Brás, em que muitas lojas só aceitam dinheiro vivo), e a da Rua Maria Marcolina, tem provador de roupas, o que facilita muito a vida. Sim, poucas lojas por lá têm provador, normalmente você escolhe a roupa pelo "olhômetro".

     Abaixo algumas peças que comprei nesses duas lojas (os preços dessas blusinhas variam de R$19,90 a R$39,90; calça, vestido e casaco de frio por R$69,90). Lembrando que são peças ORIGINAIS da HERING, só têm um preço mais em conta por serem de outras coleções (quem se importa? rs).















     Mas, pra quem ama a Hering e não curte bater perna ou não pode ir a São Paulo, a marca vira e mexe faz "liquidas" no site, com preços incríveis (já comprei vestidos longos por R$59,90 e blusinhas por R$29,90).


       Por outro lado, quanto às lojas físicas da Hering no Brás, o único ponto negativo é que você tem que olhar as peças cuidadosamente, pois algumas possuem rasgos, ou estão descosturando. Fiquem atentas!

        Já no Bom Retiro, a dica que dou é: procurem ir na Rua José Paulino às sextas-feiras e sábados bem cedo (a maioria das lojas abre às 8h da manhã, então aconselho chegar esse horário). Isso porque as lojas disponibilizam araras de roupas na promoção, com preços bem inferiores aos praticados normalmente nas lojas. Se você chegar mais tarde, além de ter que enfrentar uma muvuca de gente, é provável que já não tenha tantas peças legais e baratas disponíveis. Praticamente todas as lojas aceitam cartão de débito, mas nem todas aceitam crédito.

         Não tem coisa melhor que você se vestir bem, receber elogios, e saber que gastou pouco para estar bem arrumada! Hoje em dia, você encontra peças muito similares às dessas lojas de grife, por preços muito mais acessíveis. É possível estar na moda sem precisar se endividar. Pense nisso!
      
       

0 Comments:

Postar um comentário